Cursos presenciais

O Esperanto é ensinado e praticado em diversas cidades em Pernambuco.

Congressos Brasileiros

Um dos melhores congressos esperantistas do mundo é o brasileiro!

O congresso de 2015 foi no Rio de Janeiro.
Veja como foi na página da Liga Brasileira de Esperanto

Cursos presenciais

O Esperanto é ensinado e praticado em diversas cidades em Pernambuco.

RocketTheme

Nossa História

De 1937 aos dias atuais, muito há para se contar.

 

RocketTheme

Literatura

Muito para se ler, muito para se deleitar.

Movimento Esperantista

Movimento

Nós procuramos ajudar a mover o mundo!

 

Vídeos

Vídeos

Seleção de alguns vídeos interessantes. Sempre em atualização.

Esperanto, muito mais que uma língua. Um modo de viver o mundo no qual a comunicação se processa de uma forma mais justa, igualitária e humana.

Viva essa experiência!

Fev 20 2018

Durante o último período de carnaval foi realizado o encontro nordestino de Esperanto. Veja abaixo algumas fotos e relato do jovem Filipe dos Santos, Esperantista de Pernambuco.

 

Texto foi pelo esperantista Filipe dos Santos

Em Campina Grande – PB, durante os dias 10 a 12 de Fevereiro ocorreu o 20° Encontro Nordestino de Esperanto, assim como o 6° Encontro da Juventude Esperantista do Nordeste. Evento no qual contou com a presença das mais diversas personalidades esperantistas da região. Cerca de 30 pessoas participaram, de nove Estados do Nordeste, vindos de mais de dez municípios diferentes. Com certeza, um evento de enormes proporções na região.

Durante a manhã do dia 10, os esperantistas se reuniram para arrumar o local do evento, momento de muita descontração, e interação entre os participantes. Na noite do mesmo dia foi realizada a abertura do evento onde as representações dos estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, e Rio Grande do Norte, compuseram a mesa para abrir os trabalhos.

Na manhã seguinte (11/02), Rodrigo Tavares, membro da caravana do Rio Grande do Norte, palestrou sobre “As TIC’s e a Promoção do Movimento Esperantista”, onde mostrou a influencia das tecnologias da informação para o desenvolvimento do Esperanto. Logo em seguida, o esperantista do estado de Alagoas, Aristhópio Filho, deu sua palestra intitulada: “Liga Internacional de Professores Esperantistas – ILEI Brasil”, onde falou sobre a ILEI, e questões importantes para se tornar um instrutor da língua internacional. Após breve intervalo, o também membro da caravana de Alagoas, Querino Neto, membro da BEJO e TEJO, fez sua palestra com a temática: “Oportunidades Atuais para Esperantistas”, onde relatou os benefícios de se falar o esperanto, e a importância de apoiar as organizações esperantistas. Durante as palestras que foram realizadas totalmente em Esperanto, os participantes iniciantes na língua receberam o curso básico do idioma.

Dando continuidade ao evento, os participantes se deslocaram para o SESC Centro de Campina Grande, onde ocorria o encontro da “Nova Consciência”, que contava com membros das mais variadas religiões, ciências e filosofias. Momento no qual os Esperantistas distribuíram panfletos sobre a língua e descontraíram cantando e tocando músicas em Esperanto.

Ao anoitecer foi formada a “Mesa Redonda” com o tema: “Desafios do Esperanto no Nordeste”, com participação especial, via Skype, do Presidente da Associação Pernambucana de Esperanto, Wendel Pontes, assim como do membro da Fundação Sistêmica, Lívio Lima (PB), e coordenação de Rodrigo Tavares (RN). A mesa redonda debateu as dificuldades do Esperanto no Nordeste, e levantaram possíveis soluções para o fortalecimento do mesmo.

Já no dia 12 de Fevereiro, a comitiva de participantes se deslocou para a cidade de Fagundes – PB, onde puderam desfrutar de um grande passeio ecológico na “Pedra de Santo Antônio”, que fica sobre a “Serra do Bodopitá”, local com floresta e grandes formações de pedras, sem contar na vista impecável que admirou todos os participantes do evento.

 

Para finalizar o Encontro Nordestino, Querino Neto, junto ao Lívio Lima palestraram no encontro da Nova Consciência sobre o tema: “Esperanto: Instrumento de Resolução de Conflitos Étnicos ”. Onde expuseram a língua internacional como ferramenta para solução de conflitos, palestra realizada não só para esperantistas, mas também para os participantes da Nova Consciência. Sendo assim encerrada a programação do 20° Encontro Nordestino de Esperanto, e 6° Encontro da Juventude Esperantista do Nordeste.