Abr 05 2018

Nos dias 23 e 24 de março, Recife recebeu um convidado ilustre. O esperantista francês Alain Runel, de férias e viajando por várias cidades brasileiras, como Rio de Janeiro, Niterói e Fortaleza, precisou fazer uma parada de dois dias na capital pernambucana, antes de seguir viagem para Salvador.

 

Através do contato feito pelo esperantista cearense Wandemberg, os membros da APE puderam recepciona-lo adequadamente em nosso Estado. Sua chegada em Pernambuco foi pela rodoviária, onde foi recebido por Wendel Pontes e Marton Paulo, membros da APE. Em seguida, foi para a residência da esperantista Tereza Beirão, que gentilmente o hospedou em sua residência. Tereza é estudante de esperanto e encontrou nesta visita uma oportunidade para praticar o idioma.

Alain pôde visitar diversos pontos turísticos, como o Recife Antigo e a sinagoga Kahal Zul Israel, a mais antiga das Américas. Apesar de ter sido planejado um jantar com o restante da comunidade esperantista, algo inesperado aconteceu: um apagão de grandes proporções atinge toda a região Nordeste do Brasil, deixando a cidade mergulhada em um estado de caos durante horas. O jantar do nosso convidado ficou à cargo de um pequeno bar próximo de onde ele estava hospedado.

No dia seguinte, Alain visitou o Museu do Homem do Nordeste, pela manhã. De tarde, encontrou-se com os esperantistas Marton Paulo e Fábio, que o levaram para conhecer a cidade de Olinda, no Alto da Sé e no Mercado da Ribeira, em seguida indo para o Observatório. Por volta das 17h, dirigiram-se para o aeroporto de onde ele tomou o vôo para Salvador.

Esperamos que a estadia em Recife tenha sido tão agradável para Alain como foi para nós. Ĝis revido, kara amiko!