Jul 19 2014

Saluton, karaj geamikoj!

 Neste mês de julho, comemoramos seis meses do “Babil-Rondo Ĵakejra”.

 

 Há mais de uma década, a APE iniciou uma proposta visando unir os esperantistas para a prática do idioma. O nome dessas reuniões eram “Rodas de Conversação”, ou carinhosamente “Babil-Rondoj”.

 

Essas reuniões foram realizadas em shoppings e restaurantes, com a participação constante de esperantistas como Maria José Pontes, Mabesoone, Luiz Márcio Assunção, Sebastião Pimentel, Hamilton Nery, Advalk Ferreira, Wendel Pontes, e visitantes mais esporádicos. Contudo, ao longo do tempo, essas reuniões não puderam mais continuar, e a Babil-Rondo foi suspensa.

 

 Desde então, o único local onde o Esperanto é praticado periodicamente tem sido a FEP, aos sábados pela manhã. As conversações são mais didáticas, para estimular os alunos a participarem, e estão associadas com o ensino do curso básico, apesar disso não afetar que diferentes assuntos possam ser abordados. Mesmo assim, muitos esperantistas trabalham ou tem ocupações neste horário, e em virtude disso não podiam praticar o idioma. Para tentar oferecer oportunidades de conversa em esperanto a esses samideanos, e incrementar a prática do esperanto com um ambiente mais descontraído, a APE se propôs a reativar o Babil-Rondo em 2014.

 

 A proposta inicial foi promover um evento mensal (para não comprometer todos os finais de semana), ao sábados pela tarde (um dia e horário mais folgado) onde esperantistas, tanto iniciantes como veteranos, possam aproveitar a oportunidade para praticar o idioma. A escolha do local, a Livraria Jaqueira, foi feita com base no conforto oferecido pelas suas instalações, sua localização estratégica (ao lado do Parque da Jaqueira, de fácil localização) e pela circulação de pessoas. Esta última característica está relacionada com a divulgação indireta do esperanto, feita através de sua utilização prática durante a conversação. Além disso, a Livraria Jaqueira possui uma área de lazer onde é possível permanecer confortavelmente durante toda a tarde, conversando ou estudando, com comes e bebes variados.

 

 Desde o seu início (Janeiro de 2014), todo terceiro sábado esperantistas se reúnem na Livraria e praticam o esperanto, todos os meses. Com a frequência ainda baixa (pelo menos dois esperantistas por reunião), a Babil-Rondo Ĵakejra é um ótimo local para que os alunos de cursos básicos possam praticar o “ouvir” e o “falar” em esperanto, tendo oportunidade de conversar com pessoas fluentes no idioma. O aprendizado de novas palavras e a perda da inibição em usar a língua são características dessas rodas de conversação, o que aumenta muito o nível do aluno apenas em poucas reuniões.

 

 Além disso, o aluno tem a chance de ouvir histórias, conhecer fatos e se envolver mais no movimento esperantista, com pessoas que demonstram ter larga experiência e conhecimento no assunto. Dentre os participantes atuais da Babil-Rondo Ĵakejra temos Advalk, Wendel, Arruda, Gervásio, Sérgio, Almir, Sebastião e Jairo.

 

 Portanto, se você é professor de esperanto, estimule seus alunos a participarem do Babil-Rondo Ĵakejra. Se você já é fluente, participe conosco e compartilhe de seu conhecimento e experiência. Se você é aluno ou autodidata, eis a oportunidade perfeita para praticar o idioma.

 

O Babil-Rondo Ĵakejra acontece todo terceiro sábado de cada mês, a partir das 14h. Abaixo, você confere algumas fotos desses encontros.

Cartaz sobre o Babil-Rondo, que também está disponível no site da APE.

Wendel, Sérgio e Advalk

Advalk, Wendel, Jairo e Arruda.